5 Pontos Turísticos do Chile Que Vão te Impressionar!

O Chile é um destino muito procurado pelos brasileiros pela proximidade, preços relativamente baixos para acomodações, rica gastronomia e passeios que literalmente tiram o fôlego. Conhecer todos os pontos turísticos do Chile não é uma tarefa simples, pois o país oferece múltiplas opções de lazer e cultura.

Com seus mais de 4 mil quilômetros de comprimento, o Chile possui roteiros turísticos para todos os estilos de viagem, desde explorações nos desertos, esportes radicais nas estações de esqui, passando por grandes cidades, monumentos históricos e parques naturais.

Para ajudar a planejar sua viagem, selecionamos alguns dos principais pontos turísticos do Chile que são paradas obrigatórias para os viajantes. Escolha seu tipo de viagem, e concentre algumas experiências a mais em algum deles! Veja só.

Capital Santiago: base estratégica para conhecer os pontos turísticos do Chile

SantiagoAlém de ser o coração do país, quase todos os voos para o Chile fazem conexão na capital Santiago. Essa já é uma ótima desculpa para ficar na cidade por alguns dias e conhecê-la.

Santiago possui quase 7 milhões de habitantes e é uma das cidades mais desenvolvidas da América latina. A cidade possui vários pontos turísticos, além de oferecer opções de passeios nos seus arredores e uma noite vibrante e cheia de estilo.

Usando Santiago como cidade base, é possível fazer um passeio pelas vinícolas Concha y Toro e Undurraga, ou visitar as cidades Valparaiso e Viña del Mar. É possível também apreciar as Cordilheiras dos Andes em vários pontos da cidade.

Trilhas do Deserto do Atacama

Trilhasdo Deserto do AtacamaLocalizado no norte do país no povoado de San Pedro do Atacama, o deserto do Atacama é considerado o deserto mais seco do mundo. É um destino perfeito para quem gosta de aventuras e paisagens surpreendentes.

Lá, você pode chegar a 4 mil metros acima do mar, além de encontrar vários outros pontos turísticos, como vulcões, lagos, montanhas nevadas, museus e muito mais.

A natureza exótica da Patagônia

Para quem gosta de natureza exótica e sítios arqueológicos, a Patagônia chilena é um destino imperdível!  É o lugar certo para quem gosta de aventura e esportes, como escalada, trekking, cavalgadas e passeios de caiaque.

Mas se você não tiver o estilo aventureiro, pode aproveitar a viagem para conhecer a cidade, visitar alguns museus e curtir a vida noturna do local.

Caminhadas em Torre del Paine

Torre del PaineO Parque Nacional Torre del Paine está localizado na Patagônia Chilena e é considerado Reserva da Biosfera pela UNESCO, desde 1978. Possui mais de 200 mil hectares e é um lugar muito comum para acampar.

As principais atrações do parque são as montanhas, geleiras e os lagos. É possível fazer excursões ou caminhadas pelo parque com poucas horas de duração. Para os mais aventureiros uma boa pedida são alguns circuitos ao redor do parque que duram de 4 a 10 dias, caminhando por trilhas e passando pelas montanhas e outras paisagens surpreendentes.

O tradicional e radical Valle Nevado

 Valle Nevado O Valle Nevado é a estação de esqui mais famosa do Chile e fica a apenas 50 km da capital, Santiago. É possível visitar o Valle Nevado em qualquer época do ano, mas, claro, pode-se esquiar apenas no inverno.

Você pode alugar roupas e equipamentos de ski no local, mas o ideal é ir preparado com algumas roupas térmicas para praticar o esporte. Mesmo para quem não gosta de esquiar, é possível visitar o Valle apenas para passar o dia, conhecer o local e admirar as paisagens. Se preferir, você pode se hospedar e passar alguns dias por lá.

O Valle Nevado é um dos pontos turísticos do Chile mais procurados por casais em lua-de-mel e por praticantes de esqui. Possui uma estrutura hoteleira incrível e atendimento espetacular, oferecendo inclusive aulas de esqui para iniciantes.

Termas de Chillán

O resort está a 480 quilômetros ao sul de Santiago. É possível chegar ao local de trem, ônibus ou avião. O Gran Hotel Termas de Chillán tem um prédio principal de 7 andares, com arquitetura deslumbrante. Essa área concentra a maior parte dos apartamentos, serviços e atividades. A hospedagem é dividida em quatro categorias: sétimo andar (estrutura compacta e tarifa menor), bosque/montanha, executivo e luxo.

O conforto e os detalhes são a maior marca do resort. O banheiro com piso aquecido e luz indireta é exemplo disso. E que tal tomar um banho relaxante após os passeios pelas montanhas? O hotel conta com piscina aquecida, que tem uma área coberta e outra ao ar livre. Ela fica disponível até às 23h para os hóspedes.

Os serviços atendem a todos os gostos: spa com velas e luz ambiente, massagens com pedras quentes, academia, sessões de meditação e ioga, aulas de dança ou capoeira e até torneios de ping-pong. As atividades do dia seguinte são informadas pelo grupo de animadores.

A gastronomia é mais um ponto positivo. O hotel trabalha com pensão completa, meia pensão e tarifa só com o café da manhã. O restaurante principal, Shangri-la, funciona em sistema de buffet e tem cardápio variado. Os destaques são as saladas e os frutos do mar. Para o dia, servem churrasco e à noite são servidos fondues e massas. Os vinhos chilenos são ótimos acompanhamentos para as refeições.

Valle de Colchagua

Visitar um país e conhecer a sua cultura torna a experiência muito mais rica. Por isso, inclua o Valle do Colchagua no seu roteiro. Essa é uma das zonas agrícolas mais promissoras do país, com videiras centenárias e fazendas aconchegantes. O Tren del Vino é o responsável por levar os turistas até às vinícolas. A paisagem é belíssima, mas o paladar impressiona mais ainda!

A alta estação acontece no verão, quando as vinícolas estão mais verdes. Se for nesse período, reserve a visita com antecedência. Outra dica importante é o uso do repelente. Os locais oferecem guias que falam espanhol ou inglês. Para fazer o tour com calma, é recomendado que você hospede-se na cidade de Santa Cruz. Além de conhecer o lugar, você pode degustar o vinho e até fazer refeições nos restaurantes das vinícolas. As mais procuradas são:

  • Vina Santa Cruz;
  • Lapostolle;
  • Vina Montes;
  • Viu Manent;
  • Vina Montgras;
  • Casa Silva.

Com tanto lugar interessante, já dá vontade de fazer as malas, não é mesmo? Curtir a neve, praticar esqui, conhecer os pontos turísticos do Chile, apreciar a arquitetura local e vivenciar a cultura e a gastronomia chilena farão a sua viagem inesquecível!

Então, não perca tempo e comece a planejar a sua trip para o Chile. Confira também o texto que preparamos com tudo o que você precisa saber para esquiar em Santiago!