Onde praticar rafting no Brasil? Os melhores picos para se aventurar

Onde praticar rafting no Brasil? Os melhores picos para se aventurar

Você sabe onde praticar rafting no Brasil? Saiba que esta é uma das melhores escolhas se você quer um esporte que capricha na carga de adrenalina e diversão. Entrar em um bote de borracha para descer a corredeira de um rio, no entanto, é uma atividade calculada e dividida em classes de dificuldade. Isso facilita com que o praticante escolha o nível adequado ao seu interesse e obtenha conforto e realização.

No Brasil inteiro existem bons percursos onde praticar rafting e empresas especializadas que prestam assessoria aos praticantes. Na hora de escolher uma, leve em conta se ela atende as normas da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) e se tem profissionais experientes em quadros. Também capriche na roupa: esta deve ser leve, mas saiba que traje de banho não oferecerá a proteção que você precisa.

Tomados esses cuidados básicos, vamos ao roteiro dos melhores lugares para o rafting no Brasil.

Brotas (SP)

O primeiro lugar de 10 entre 10 listas de esportes radicais tem de ser a capital paulista da aventura: Brotas. Chegando lá é só procurar o rio Jacaré Pepira. Na parte alta do rio as corredeiras são mais calmas. No baixo Jacaré, a pegada é mais radical.

Rio Tibagi (PR)

Que tal fazer rafting no mesmo lugar em que treina a seleção brasileira de canoagem slalom? Se gostou da ideia, o seu destino é o Rio Tibagi, no Paraná, que em seus 550 quilômetros de extensão conta com mais de 50 corredeiras adequadas para a prática do rafting. Para chegar ao rio você pode usar Londrina, a segunda maior cidade do estado, como base.

Foz do Iguaçu (PR)

Rafting nas Cataratas do Iguaçu parece radical demais? Não precisa se preocupar. Embora o percurso de dois quilômetros seja cheio de adrenalina, com quedas, corredeiras e, em alguns momentos, até ondas, há opções para todos os perfis de praticante.

Itacaré (BA)

Na cidade baiana, mais precisamente no distrito de Taboquinhas, fica um dos mais concorridos destinos de rafting do Brasil. É na descida do Rio das Contas, com três quilômetros de extensão e cinco corredeiras diferentes, que se concentram as atividades, especialmente nos meses de janeiro e fevereiro, quando o rio está mais cheio. O ponto final do trajeto é a praia da Concha, em Itacaré, o que é, para dizer o mínimo, bastante conveniente.

Jalapão (TO)

Na chapada tocantinense, o Rio Novo é um prato cheio para os praticantes de rafting. Como o acesso é difícil, a melhor época para ir é de maio a setembro, período de seca, quando a região está no auge da sua beleza, embora os rios não estejam tão cheios.

Chapada do Guimarães (MT)

O período da seca também é o preferido de quem faz rafting no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, localizado a 64 quilômetros de Cuiabá. Entre as muitas atrações do parque, inclusive a famosa cachoeira do Véu de Noiva, está o Rio São Lourenço, nas proximidades da cidade de Jaciara, que conta com muitas opções para os praticantes do esporte.

Bonito (MS)

Bonito é um dos lugares mais lindos do mundo e uma excelente porta de entrada para o mundo do rafting por causa das corredeiras do Rio Formoso, que são mais calmas e se espalham por um percurso de sete quilômetros.

Os locais citados são os melhores do Brasil para a prática do rafting e podem ser experimentados por aventureiros e esportistas de todos os níveis.

E você, quer compartilhar sua lista de lugares onde praticar rafting? Conte-nos na caixa de comentários. E você que tem vontade, mas ainda não experimentou a emoção de descer as corredeiras, já escolheu por onde quer começar? Deixe seu comentário também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *